Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Há horas assim

Livro em construção

Livro em construção

Há horas assim

26
Abr14

Nem sempre o que parece é

correspondente

Aqui fica um pequeno episódio passado, à noite, portanto, quando todos os gatos são pardos. Bom, como estava eu a dizer, aqui fica uma pequena história passada na antiga Escola Secundário da Damaia, agora denominada de D. João V.

Estamos em pleno Inverno, durante o dia inteiro caiu aquela chuva miudinha, mesmo agora, no começo da noite, a chuva parece não nos querer largar. Enfim, depois de um jantar apressado e, de uma breve caminhada, aí estou eu na escola. Cheguei cedo. Faltam ainda uns largos minutos para a primeira aula. De colegas meus, nem sinal. A chuva parou. A temperatura, ainda assim, está amena. O banco de pedra junto ao pavilhão convida a esperar, cá fora, sentado. Mas está molhado. Nada que a capa onde trago os meus preciosos apontamentos escolares não resolva. Pensado e feito. Sento-me em cima dela no dito banquinho. Que capa tão versátil. Pouco depois aproxima-se uma jovem. Esta olha para mim, olha para o banco e, senta-se na outra ponta do banco. E assim ficámos nós, a aguardar o “toque” de entrada, cada um de nós sentado numa das pontas do banco. Volta e meia ela olha para mim com um ar interrogador. Não ligo áquilo. Nisto de mulheres convém fingir desinteresse. O tempo vai passando. Chegam uns colegas meus e também algumas colegas dela. E naquele já conhecido banco, em cada uma das pontas, ali se formam dois grupinhos. Todos estão de pé menos nós os dois. Dá o toque para a entrada. Levanto-me e pego na minha capinha, até aí oculta debaixo de mim. Ela olha para o meu gesto e, finalmente fez-se luz. Fez-se luz para ela e depois do que lhe ouvi, para mim. Ela demora a levantar-se do banco e, perante a insistência das colegas, “rosna”:

- Não posso. Tenho as calças, atrás, no rabo todas molhadas! Vi aquele idiota aqui sentado e sentei-me também. Nem reparei que o banco estava encharcado!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub